COMO USAR ANKLE BOOTS NO VERÃO



Eu odeio as regras de moda que fazem você se sentir inadequada ou que fazem o seu guarda-roupas parecer limitado. Claro que existem regras que facilitam a nossa vida, regras que favorecem a nossa silhueta, regras que ajudam a gente a coordenar melhor as peças e multiplicar as nossas possibilidades, e essas são as que eu ensino para as minhas clientes, pra elas usarem sempre que precisar.

Outra regra que eu acho importante seguir? Se você gosta e te faz se sentir bonita, use! Essa regra vai estar presente em todos os meus textos por aqui, porque é nisso que eu acredito e é isso que eu faço como consultora de estilo!

Uma das regras que eu mais odeio é a que diz que existem peças de verão e peças de inverno. Antes que me achem louca e desistam de ler o texto, deixa eu me explicar: Um casacão nunca vai poder ser usado no verão, mas a maioria das peças que a gente tem não é só uma coisa em absoluto. Você pode usar shortinho no inverno, e colocar uma meia fio 80 por baixo. Pode usar vestidinho de alcinha no inverno, com um casacão ou sobretudo por cima. E assim, muitas peças são usadas o ano todo, de formas diferentes. Isso é bem bom, né?



Eu moro no Rio de Janeiro, onde faz calor boa parte do ano, e apesar disso, eu prefiro usar Ankle Boots e sapatos fechados em geral ao invés de sandálias, mesmo no calor. Por isso, resolvi fazer esse texto para ajudar às mulheres que amam usar Ankle Boot, mas acham que é um sapato exclusivo de meia-estação ou Inverno “só” porque ele é fechado e cobre até o tornozelo.

Uma peça que a gente usa o ano todo é a calça jeans, porque não esquenta tanto assim e é prática e básica, né? Se você não consegue deixar de usar elas mesmo no verão, e quiser coordenar com a sua ankle boot, lembre-se que se a calça não for de modelagem super skinny ou legging, o certo é que a calça seja dobrada e fique acima da botinha, e não que a calça fique por dentro dela, ok? Essa regrinha super funciona!!


Como essas botinhas cortam a silhueta (como todos os modelos de bota), se você é baixinha (como eu) e se incomoda com isso, dê preferência às botas da cor da sua pele, pra minimizar o efeito. Se você usar com vestidos, saias e shorts de comprimentos mini também vai ajudar a alongar a silhueta, porque você vai deixar mais pernas à mostra.


Nesses dias de verão, liberte a sua ankle boot da sapateira! 😊



PRISCILA CITERA. 
Apaixonada por pessoas e por moda, resolvi unir a minha formação acadêmica em Psicologia com a formação em Consultoria de Estilo pela Oficina de Estilo para aumentar a autoestima das mulheres, transformando personalidade em roupas e roupas em personalidade, através do autoconhecimento.

JOGO DA VERDADE: JOYCE XAVIER


Joyce.. Como eu começo a falar dela? A conheci perambulando pelas páginas do facebook e, como muita gente, tinha uma ideia dela que era da típica maluca clichê, cheia de palavrões no vocabulário, nem aí pra nada e com o coração feito de cerveja. O tempo passou, tive a chance de abraçá-la pessoalmente e foi gigantesca a minha surpresa. O mulherão independente e autossuficiente que se mostra nas redes sociais tem um coração de menina sonhadora e frágil, camuflado nas falas desbocadas. Mas isso não é, de forma alguma, um defeito.

Joyce é do tipo que abraça apertado, que chora quando se emociona com afeto gratuito e que arranca a roupa do corpo, se preciso for, pra ajudar alguém. É do tipo de pessoa que não mede esforços com quem ama e que já tomou muita pancada da vida, mas não desiste, mesmo que nem ela saiba como. Escritora, boa de copo e de abraços, Joyce é a tradução da amiga pra toda hora, ainda que nem todo mundo enxergue isso.

Ela me ganhou no "oi" e espero que te ganhe também. Vem conhecer um pouco mais dela?


♥ QUANDO COMEÇOU A ESCREVER E POR QUÊ?

Escrevo desde adolescente, mas apenas após uma depressão, resolvi divulgar os textos na internet. Já tive blog, mas era como um diário e não era divulgado.


♥ QUAL TIPO DE TEXTO PREFERE ESCREVER E QUAL GOSTA DE LER?

Não tenho um tipo certo de texto que eu goste de escrever, mas gosto muito de criar e reiventar personagens. Gosto de ler contos e textos de impacto, como os da Fernanda Mello, Flavia Andrade, Beatriz Zanzini...

♥ QUAIS OS AUTORES QUE MAIS LÊ E ADMIRA?

Amo com todas as minhas forças o Paulo Coelho. Tenho coleção de livros dele. Leio muito Fernanda Mello e sou apaixonada pelos livros da Thati Machado. ​


♥ QUAL A SUA MAIOR FONTES DE INSPIRAÇÃO? HISTÓRIAS VIVIDAS OU APENAS FANTASIAS? MÚSICAS? 


Já escrevi muito sobre histórias que já vivi. Hoje, estou mais um pouco na fantasia, mesmo que seja realista, mesmo que alguém já tenha passado. Semana passada tive uma inspiração para um novo livro, através de uma música. Ainda estou no roteiro..


♥ QUAL O MAIOR MEDO QUE TE PASSOU PELA CABEÇA ANTES DE PUBLICAR SEU PRIMEIRO LIVRO??

Não fiquei com medo, fiquei muito ansiosa e quase desisti de tudo uma semana antes. Insegurança seria a palavra certa..



♥ Uma música: Giz - Legião Urbana.

 Onde nasceu: Rio de Janeiro, sou carioquíssima.

 Uma cor:​ Roxo.​

 Um segredo: ​ Se eu contar deixa de ser segredo hahaahahah

 Um arrependimento: ​ ​Não ter esfregado a cara do meu ex no asfalto! Mentira... hahahahaha! Me arrependo de tanta coisa, mas não me mato e nem sofro por nenhum deles.

 Uma mania: ​ Comer o canto da boca. ​

 Uma decepção: ​A literatura não ser tão valorizada​

 Um defeito: ​Muitos! Sou muito coração (nunca ajo com a razão). Sou estúpida e estressadinha. Sou mimada e por isso, tudo tem que ser na hora que eu quero.

 Uma qualidade: ​ ​​Sou coração e ainda confio nas pessoas. Quero abraçar o mundo, mas infelizmente não consigo. Sou prestativa.

 Um sonho: Ser entrevistada pelo Jo Soares

 Fidelidade é: Respeitar os seus próprios conceitos e viver dentro deles. ​

 Amizade é: ​Saber seguir de mãos dadas, sem críticas e sem ofensas. Ser amigo é respeitar o opção de vida do outro e mesmo se ele quebrar a cara, saber abraçar e desejar felicidade. Vejo gente torcendo pela infelicidade.

 Traição é: ​Trair a si mesmo. ​

 Filhos:​ Pedro Xavier​

 Um(a) crush famoso(a):​ ​Ashton Kutcher

 Primeiro beijo:​ Foi horrível, eu não entendia porque a língua dele estava dentro da minha boca!

 Praia ou piscina:​ piscina

 Campo ou cidade:​ cidade

 Uma saudade: ​​Da minha melhor amiga Mariana. Morreu vítima do câncer há uns 6 anos.

 Um lugar pra descansar a mente: ​minha cama.


BLOG  |  FANPAGE   INSTAGRAM

♥ ♥ 




Foto: Joyce Xavier (esquerda) e Giselle F. (direita). Lançamento do livro "A Outra Voz", de Joyce Xavier - Belo Horizonte, MG






POR ONDE ANDA O ELENCO DE ABRACADABRA?



Não parece, mas já tem 23 anos que o filme Abracadabra foi lançado. Faz mais de duas décadas que a vela da chama negra foi acesa e trouxe as irmãs Sanderson de volta ao mundo, entrando direto na memória de praticamente uma geração inteira e conquistando a galera até hoje. Não tem como negar, independente da sua idade, esse é um filme inesquecível e muito legal de assistir… enfim, dito isso, que tal vermos o que o elenco dessa delícia fez nesses últimos anos? VEM GENTE! 



A diva do cinema e da música já era consagradíssima antes de dar vida a Winnifred Sanderson e ultimamente não é mais tão vista nos cinemas, infelizmente. Nos anos 90, após Abracadabra, Bette apareceu nos filmes O Nome do Jogo, ao lado de John Travolta e O Clube das Desquitadas, com Goldie Hawn e Diane Keaton. No começo dos anos 2000 ela estrelou uma série chamada Bette, no qual durou apenas uma temporada. Foi vista em Do Que As Mulheres Gostam estrelado por Mel Gibson e também em Mulheres Perfeitas com Nicole Kidman.

Apesar de ter feito um ou outro filme nos últimos anos, sua última participação de destaque foi em 2012 na comédia Uma Família em Apuros com Billy Crystal e Marisa Tomei. Mesmo estando out do cinema e da TV, Bette Midler é quase sempre vista em programas da TV americana e pelos videos e fotos que circulam pela internet quando ela resolve encarnar seus personagens mais marcantes durantes seus shows ou até mesmo em festas que frequenta.



Talvez vocês lembrem de Kathy Najimy como a Irmã Mary Patrick em Mudança de Hábito 1 e 2 no começo dos anos 90. Apesar de ser um rosto bem famoso para os fãs de cinema, sua carreira foi bastante movimentada com filmes feitos direto para a televisão e emprestando sua voz para diversas animações, entre elas Os Thornberry, Hey Arnold, Rocket Power e Ana Pimentinha.

Kathy foi vista em filmes como Quando o Amor Acontece, estrelado por Sandra Bullock, O Casamento dos Meus Sonhos com Jennifer Lopez . Em 2002 ela estrelou a comédia Tá Todo Mundo Louco, ao lado de humoristas como Rowan Atckinson e Whoopi Goldberg, que vive passando na nossa querida Sessão da Tarde. Depois disso rolaram muitas participações em séries famosas como Desperate Housewives, Ugly Betty, Drop Dead Diva, Vice, Younger e Unforgettable. Além dos filmes Ela Dança Eu Danço 3 e na produção original do Disney Channel, Descendentes, onde ela dá vida a Rainha Má da Branca de Neve.



Após sua participação em Abracadabra, a carreira de Sarah decolou. Ela pode ser vista em filmes como Ed Wood e Marte Ataca, ambos de Tim Burton. Ao lado de sua amiga Bette Midler, ela participou de O Clube das Desquitadas, mas foi como Carrie Bradshaw na série Sex and The City que ela alcançou o status de estrela e ficou famosa no mundo todo.

Nos últimos anos ela estrelou alguns filmes que não foram lá muito sucesso, entre eles as comédias Não Sei Como Ela Consegue, Cadê os Morgans? ao lado de Hugh Grant e também Armações do Amor, junto de Matthew McConaughey. Sex and The City também ganhou dois filmes para o cinema, onde ela também foi produtora. Depois de uma rápida participação na série Glee, ela acabou de estrear Divorce, que vai ao ar pela HBO.

Sua vida amorosa está indo muito bem, Sarah está casada com Ferris Bueller Matthew Broderick desde 1997 e teve três filhinhos com o ator no começo em meados dos anos 2000.



Antes de Abracadabra, Omri fazia parte da série Dallas, que ficou 14 temporadas no ar. Porém, após o papel de Max, ele quase não fez mais nada no cinema e nem na TV. Algumas curtas participações nas séries Freaks and Geeks, General Hospital e também em um filme feito para a televisão que deu continuidade na série Dallas. Atualmente com 40 anos, sabe-se que está vivo, agora por onde anda, o que tem feito… só Deus pode dizer.


VICTOR PIACENTI

Editor-chefe da Academia do Sofá, é um cara fanático por Stephen King, que sente um prazer imenso ao ver uma cidade sendo destruída na tela do cinema. Além de ser sagitariano, não sabe andar de bicicleta, é viciado em coxinha, acredita em ETs e odeia filmes de animais falantes, principalmente se eles mexem a boca.